188bet

HOMEVÍDEOSNOTÍCIASMETEOROLOGIAFOTOS

Engenheiros Agrônomos brasileiros rodam os EUA e veem lavouras melhores do que o esperado

Publicado em 26/07/2022 10:52 e atualizado em 26/07/2022 13:23
Alexandre Rosa e Carlos Bonini - Engenheiros Agrônomos
Avaliação aponta que Nebraska, Kansas e Colorado são os estados com mais problemas, enquanto Dakota do Norte, Dakota do Sul, Minnesota, Wisconsin, Michigan e Missouri se desenvolvem melhor. Expectativa também é boa para Iowa, que pode puxar as médias para cima e gerar melhora dos números nos próximos relatórios do USDA

Podcast

Engenheiros Agrônomos brasileiros rodam os EUA e veem lavouras melhores do que o esperado

Logotipo 188bet

Na última segunda-feira (25), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu novo relatório semanal de acompanhamento de safras e reduziu o índice de qualidade das lavouras de soja e milho dos Estados Unidos. 

Para a oleaginosa, as lavouras boas ou excelentes caíram de 61% para 59%, enquanto as do cereal caíram de 64% para 61% com as lavouras ruins ou muito ruins subindo de 11% para 14%. 

Porém, na avaliação dos engenheiros agrônomos brasileiros que estão rodando os Estados Unidos, Alexandre Tonon Rosa e Carlos Bonini Pires, as lavouras norte-americanas estão em melhores condições do que o esperado. 

Baseado em Lincoln no estado de Nebraska, Rosa destaca que os estados mais preocupantes são Nebraska, Kansas e Colorado. Já os estados mais ao norte como Dakota do Norte, Dakota do Sul, Minnesota, Wisconsin e Michigan tem boas condições até aqui. 

Já Pires, diretamente de Manhattan no estado do Kansas, destaca que Iowa, um dos principais estados produtores de soja e milho, tem lavouras melhores do as relatadas e puxam as médias para cima, com um solo muito resistentes a intempéries. Outro estado positivo é Missouri que tem milho em r1 e r2 e seguem o padrão. 

Pensando daqui para frente, os engenheiros agrônomos brasileiros apontam o mês de agosto como fundamental para o desenvolvimento das lavouras norte-americanas, após passar por julho que costuma ser o mês mais quente e seco do país. 

Inclusive, Rosa destaca que, após uma semana de temperaturas mais amenas e chuvas, as avaliações de qualidade das lavouras devem subir nos próximos relatórios divulgados pelo USDA, depois de sucessivas reduções. 

Confira a íntegra da entrevista com os engenheiros agrônomos brasileiros nos EUA no vídeo.  

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
188bet

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Andre Luis Mariani

    Ainda bem que não levaram a sério nossos agrônomos, ou esses caras são muito inocentes ou mal intencionados !

    0
    • Adilson Garcia MirandaSão Paulo - SP

      No curto prazo, a volatilidade das cotações será enorme. China com estoques baixos, Putim bloqueando os grãos da Ucrânia, Estiagem nos EUA, Produtores Argentinos Descapitalizados e dolar disparando com o risco Mulá.

      0
188bet Mapa do site