188bet

USDA corta de forma superficial safra de soja do BR para 157 mi de t e preços cedem mais de 2% em Chicago

Publicado em 12/01/2024 14:03 e atualizado em 12/01/2024 14:37

Logotipo 188bet

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo boletim mensal de oferta e demanda e, como esperado pelo mercado, o número da safra brasileira foi revisado para baixo, passando de 161 para 157 milhões de toneladas, dentro das expectativas do mercado, ligeiramente acima da média, que era de 156 milhões. 

Para a Argentina, o número foi corrigido para cima, passando de 48 para 50 milhões de toneladas, também dentro do intervalo esperado pelo mercado. Também foi revisada para cima a produção de soja da Paraguai de 10 para 10,3 milhões de toneladas. 

"O relatório  veio baixista para soja e milho, com aumento dos estoques; aumento da produção EUA; aumento da produção na Argentina; e redução pouco relevante para a produção no Brasil", informa o reporte de atualização de mercado da Pátria Agronegócios. Perto de 14h10 (horário de Brasília), as cotações cediam mais de 20 pontos - ou mais de 2% - entre os futuros mais negociados da soja na Bolsa de Chicago. Neste movimento, o março vai a US$ 12,08 e o maio a US$ 12,20 por bushel. 

Ainda no cenário sulamericano, o USDA manteve as exportações brasileiras estimadas em 99,5 milhões de toneladas, as argentinas em 4,6 milhões e as vendas externas paraguaias, por sua vez, subiram de 6 para 6,3 milhões de toneladas. 

SOJA EUA - O boletim de janeiro do USDA deste mês trouxe também um aumento na safra de soja dos Estados Unidos de 112,39 para 113,34 milhões de toneladas. Os estoques finais de soja do país saíram de 6,68 para 7,62 milhões de toneladas e as exportações foram mantidas em 47,76 milhões de toneladas. 

SOJA MUNDO - A produção mundial de soja 2023/24 foi estimada em 398,98 milhões de toneladas, ligeiramente maior do número de dezembro, de 398,88 milhões. Os estoques finais globais da oleaginosa passaram de 114,2 para 114,6 milhões de toneladas. 

A produção de soja da China saiu de 20,5 para 20,84 milhões de toneladas e suas importações foram mantidas em 102 milhões de toneladas. 

USDA Janeiro - Soja

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistacarlamendes
Fonte:
188bet

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

2 comentários

  • GiovaniSÃO SEPÉ - RS

    Só falta nós agricultores colocar-mos o nariz vermelho...

    0
  • ANGELO MIQUELÃOAPUCARANA - PR

    Interessante como fazem estas projeções e estimativas. Podem fazer a defesa desta gente, porém a mim isso é extratégia mercadológica, tudo para pegar o soja na bacia das almas. Vai acontecer igual ao trigo, vendemos a cinquenta reais para quitar as contas e, quinze dias depois chegou a setenta e três reais, um aumento de mais de quarenta por cento, e olha que alguns interessados diziam que o trigo poderia sair de mercado, tudo muito bem orquestrado, como dizia o Chapolin Colorado "movimentos friamente calculados". Venho insistindo e batendo na mesma tecla, enquanto olharmos para os silos dos outros como únicas alternativas de guarda de nossas produções, fatalmente estaremos fadados a escravidão imposta dos atravessadores e aproveitadores. É tempo de deixar de trocar máquinas, de comprar caminhonetes e terras, precisamos urgentemente nos autofinanciar, reinvestir o pouco que nos sobra na produção, um pouco a cada vez até chegar a independência de cooperativas e afins. Alcançados os objetivos, então será a hora de investir em estrutura de armazenamento, caso contrário, independente do nosso tamanho, ficaremos sempre a mercê dos intempéries do mercado e consequentemente da predação selvagem dos atravessadores. Nós produzimos para lucrar, não somos filantrópicos, somos sim uma das maiores forças da ecônomia brasileira e, precisamos estar cientes disto. Não adianta esperar do governo ou de um herói salvador quando a salvação está em nossas mãos! Chega de mentiras e reinvenções da roda.

    0
    • Gilberto RossettoBrianorte - MT

      Bem isso. E a pensar que 30, 40 anos atrás os agricultores se juntaram para formar cooperativas, na época era salvação da lavoura. Passado 3, 4 décadas e o que se vê a mãe cooperativa, na maioria, virou uma madrasta má. As cooperativas ao invés de pagar mais, estão a puxar o preço prá baixo.

      0
    • ANGELO MIQUELÃOAPUCARANA - PR

      Senhor Gilberto Rosseto, analise perfeita.

      0
    • leandro carlos amaralItambé - PR

      Perfeito .....planta milho e trigo,sabendo que não cobre os custos de produção......não seria este o momento de fazer uma cobertura no solo,com isto diminuir os custos de produção da próxima safra, com uma adubação verde consegue se diminuir o uso de fertilizantes, faze a próxima safra bem enxuta e pensa em quantosobra e não em quanto colhe...

      0
188bet Mapa do site