188bet

Aliados de Biden defendem lançamento antecipado de campanha presidencial para 2024

Publicado em 12/08/2022 14:10

Logotipo Reuters

Por Jarrett Renshaw e Trevor Hunnicutt

KIAWAH ISLAND, Estados Unidos (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deve anunciar sua candidatura à reeleição mais cedo do que o habitual após a corrida ao Congresso de novembro, em uma tentativa de conter as especulações sobre os planos do democrata sobre a campanha de 2024, disseram várias fontes.

Biden, que completa 80 anos logo após as eleições de 8 de novembro, enfrenta cada vez mais questionamentos sobre seu próprio futuro político, apesar de afirmar há muito tempo que pretende buscar a reeleição.

Biden já é a pessoa mais velha a ocupar o Salão Oval, superando Ronald Reagan, que terminou dois mandatos aos 77 anos.

Se ele, ou qualquer um, poderia suportar os rigores de uma campanha presidencial nos EUA e administrar a maior economia do mundo na casa dos oitenta anos é uma questão de debate crescente. Seu principal oponente republicano, Donald Trump, também estaria na casa dos oitenta no final de um mandato de 2024.

Um movimento antecipado para anunciar a candidatura antes de um oponente republicano lançaria uma corrida de obstáculos de quase dois anos até a eleição presidencial de 2024.

Pessoas envolvidas no planejamento da campanha do presidente disseram à Reuters que um anúncio antecipado seria um passo inteligente para Biden, enviando um sinal aos doadores políticos, potenciais rivais dentro e fora do partido, bem como ao público em geral de que Biden não é uma figura decorativa e que os democratas estão unidos por trás de sua agenda, personalidade e liderança.

"A campanha republicana para presidente começa após as eleições de meio de mandato e o presidente precisa fazer o anúncio ao mesmo tempo para satisfazer as preocupações dentro do partido", disse uma autoridade democrata de alto escalão.

A medida também representaria uma operação de campanha vasta e muito mais bem financiada, projetada para vender a agenda de Biden ao país, num momento em que os esforços para vender suas realizações legislativas ao longo de dois anos murcharam com a inflação e o partidarismo amargo.

Biden está tendo reuniões com seus assessores políticos, disse uma fonte familiarizada com o pensamento do presidente, e nessas reuniões ele continua enfatizando que a atenção agora precisa estar nas eleições de meio de mandato, e não no momento de qualquer campanha presidencial.

"Não há data ou prazo planejado. Como o presidente disse antes, ele espera concorrer à reeleição", afirmou a fonte.

A Casa Branca e o Comitê Nacional Democrata se recusaram a comentar.

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    188bet Mapa do site